Durante anos pensámos em visitar esse farol do Socialismo que é Cuba. Este ano finalmente se proporcionou tal viagem. E foi fantástica.

Na cultura ocidental existem vários pedacinhos de cultura e referências cubanas. Principalmente sobre a revolução de Fidel e Che. As vestes, os carros, os charutos, a música e a animação é o que normalmente associamos a Cuba. A realidade é que, tirando as vestes, é precisamente assim que Havana é.

Assim que se passa a porta do Aeroporto José Mari que somos envolvidos num manto de cheiros intensos que nos acompanham durante toda a viagem. Gasolina, charutos e frutas tropicais.

Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Color Skopar 21mm f4 | Kodak Tri-x 400
21mm | ISO 320
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 14 minutos a 20ºC




Uma das curiosidades mais conhecidas de Havana é a frota de carros americanos dos anos 50 e 60 que permeiam das ruas. É engraçado verificar que não são só atracções turísticas. Existem carros destes por todo o lado. Muitos servem de uma espécie de candongueiro cubano, onde o motorista vai recolhendo passageiros e adaptando o seu percurso consoante o necessário.

A sua passagem não passa despercebida, seja pelo barulho do motor, pelo cheiro a gasolina super aditivada ou pela novidade de os ver ao vivo e a cores (e depois tirar fotos a preto-e-branco). Mas durante a nossa curta estadia em Havana foi um regalo ver estes veículos a pavonear pela cidade.

Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Color Skopar 21mm f4 | Ilford FP4+ 125
21mm | ISO 100
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 18 minutos a 20ºC


Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Nokton 50mm f1.5 | Ilford FP4+ 125
50mm | ISO 100
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 18 minutos a 20ºC



Táxi Señor?

Este bem poderia ser o barulho das Bici Táxis. Se uma destas esta vazia e passa nos nós, podem ter certeza que vão ouvir o "Táxi Senõr" de imediato. Sejam cinco da tarde ou três da manhã, nunca falha.

Não chegamos a experimentar, mas são o táxi mais barato e bastante populares entre os cubanos.

Um degrau acima dos Bici Táxi encontramos os Coco Táxi. Estes são uma espécie de versão motorizada dos Bici Táxi. Menos comuns e mais restritos à zona turística da cidade, estes tuk-tuks engraçados são uma alternativa engraçada.

Na realidade é como se existisse uma hierarquia de táxis, os mais caros são os táxis oficiais. Amarelos e às riscas pretas, são parecidos com os europeus. Não necessariamente em bom estado, mas são os licenciados. Depois há os ilegais. Muitas vezes são viaturas particulares que fazem serviços de táxi, tipo Ubber. Abaixo destes temos os Coco Taxi e depois os Bici Taxi.

Entre os turistas e os cubanos, parece haver clientela para todos.

Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Nokton 50mm f1.5 | Ilford FP4+ 125
50mm | ISO 100
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 18 minutos a 20ºC


Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Nokton 50mm f1.5 | Ilford FP4+ 125
50mm | ISO 100
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 18 minutos a 20ºC



É impossível ir a Havana e não admirar a arquitectura local. Não digo isto de forma lamechas, mas porque edifícios representam quase a totalidade da zona turística e da Havana Velha. Estão por todo o lado. Uns em ruína, outros a serem restaurados e outros orgulhosamente em posse de toda a sua glória.

Confesso que adorei os edifícios coloniais. São um pedaço de história que nos envolve e transporta para outra época. Conferem um ambiente e alma à cidade, sendo apenas suplantados pela população local, que é algo de extraordinário.

Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Nokton 50mm f1.5 | Ilford FP4+ 125
50mm | ISO 100
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 18 minutos a 20ºC


Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Nokton 50mm f1.5 | Ilford FP4+ 125
50mm | ISO 100
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 18 minutos a 20ºC



Quando planeamos a viagem (ou qualquer coisa parecida com planear) decidimos ficar na Casa Lourdes, uma casa particular no meio de Havana Velha. Foi a melhor decisão que fizemos. Ficamos longe da zona turística, longe do assédio dos táxis e do festival de Salsa e do Charuto que só se realizava hoje até ao meio dia na cooperativa(todos os dias!), e perto dos cubanos.

O Sr. Luís e a D. Lourdes foram espectaculares. Desde recomendações de restaurantes (bons e baratos) até marcações de transferes, passando por ligar ao táxi onde ficaram os passaportes, eles foram super-atenciosos. No final o melhor foi mesmo termos tido a oportunidade de conversar com pessoas genuínas e acessíveis.

Se decidirem ir a Havana passar uns dias, recomendo a Casa Lourdes. Terão uma experiência bem mais enriquecedora do que se forem para um Hotel qualquer.


Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Color Skopar 21mm f4 | Ilford FP4+ 125
21mm | ISO 100
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 18 minutos a 20ºC



Os carros são espectaculares, os edifícios gloriosos, mas Havana são as ruas. As pessoas, os contactos casuais na rua. Os cubanos metem conversa com os turistas. E fora da zona turística (mais uma razão para ficar hospedado numa casa particular) não é para vender alguma coisa. É mesmo para falar um pouco. Saber de onde somos, como é o nosso país, e claro, falar do Cristiano Ronaldo.

Em Cuba há racionamento, as prateleiras estão vazias, não podem sair do país, mas as ruas estão cheias de vida. O ensino é gratuito e o cuidado médico também. Os problemas sociais são menores e a criminalidade violenta quase inexistente. Falar sobre política não é tabu, e não é difícil encontrar quem não se identifique com o regime.

Mas mesmo fácil é falar com os cubanos. Basta um Hola e temos ali conversa para o resto da manhã se assim o pretenderem. É um contraste interessante para o "que é que queres" que recebemos neste cantinho à beira mal plantado quando abordamos algum desconhecido na rua.


Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Nokton 50mm f1.5 | Ilford FP4+ 125
50mm | ISO 100
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 18 minutos a 20ºC


Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Nokton 50mm f1.5 | Ilford FP4+ 125
50mm | ISO 100
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 18 minutos a 20ºC


Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Nokton 50mm f1.5 | Ilford FP4+ 125
50mm | ISO 100
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 18 minutos a 20ºC


Se há um cantinho de Havana com o qual nos enamoramos foi a Plaza de Armas. Primeiro porque é uma feira do livro permanente. Segundo porque é um local lindíssimo. E por último porque é um local chamado Plaza de Armas onde se vendem livros e só livros.

Foi numa das várias passagens que fizemos por este local que encontramos um Sr., cujo nome lamentavelmente não apontei e me esqueci, que teve a simpatia de nos fazer uma visita guiada por Havana Velha. Basicamente passou por nós e perguntou "Não são cubanos pois não? Ok, então venham dai conhecer isto". Foi uma manhã espectacular.

Percorremos ruas infindáveis, visitamos tudo o que estava aberto ao público gratuitamente, desde museus a hotéis icónicos. Conhecemos detalhes da sua história desde a governação espanhola até à revolução de Fidel.

Uma vez disseram-me "Se alguém te perguntar se querem ir ali ver uma coisa, larga o leitão e sobe para o tractor" (no contexto isto fazia sentido) e efectivamente é assim. Não fugindo da oportunidade enriquecemos a experiência. Ou então acabamos esventrados numa sarjeta qualquer. Seja como for vai ser inesquecível.

Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Nokton 50mm f1.5 | Ilford FP4+ 125
50mm | ISO 100
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 18 minutos a 20ºC


Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Nokton 50mm f1.5 | Kodak Tri-x 400
50mm | ISO 320
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 14 minutos a 20ºC


Claro que Havana não é só pessoas, carros, edifícios e livros. Temos que considerar o rum. O rum... O rum que cura as maleitas. O rum que levanta o espírito. O rum que  leva um homem a beber bebidas efeminadas e adorar. O rum que nos leva a passar na Floridita e provar uns Daiquiris junto da estátua do Hemingway.

A Floridita pode ser um local um bocado caótico, mas tem um ambiente engraçado e as bebidas são muito boas. No entanto tem um senão, ao entrar na Floridita saímos de Havana. O bar é um mundo à parte, longe de Cuba e perdido numa era passada. É uma experiência interessante, mas não passa disso.

Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Nokton 50mm f1.5 | Kodak Tri-x 400
50mm | ISO 320
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 14 minutos a 20ºC



A viagem foi cansativa. Dia e meio para cada lado. Mas foi das férias mais interessantes que tivemos nos últimos anos. De Cuba apenas conhecemos dois locais, existem ainda tantos outros que mereciam uma visita. Mas as férias têm este problema, acabam.

Depois de arrumar as malas, esvaziar os bolsos, isto foi o que sobrou. Voltava lá já para o ano.

Voigtlander Bessa R3a | Voigtlander Nokton 50mm f1.5 | Kodak Tri-x 400
50mm | ISO 320
Pyrocat HD 1+1+100 | 2 inversões a cada 4 minutos | 14 minutos a 20ºC


Copyright © Rui Pedro Esteves 2015 Direitos Reservados

0 Comentários: