Desde que iniciei a minha exploração da fotografia de outros tempos que tenho experimentado alguns rolos diferentes. Rolos como Agfa 100, Kodak TMax 400, Fotopan 400, Kentmere 400 entre outros.

Foi no Kentmere 400 que pensava ter encontrado a minha "voz". No entanto, após sensivelmente 20 rolos, não consegui atingir uma estética que me satisfizesse completamente. Sei que 20 rolos não será uma amostra suficientemente grande para fazer uma afirmação destas, mas equacionando que, para além desta frustração existe também uma grande dificuldade em adquirir rolos Kentmere em Portugal, mudar de rolo é a minha melhor opção.

A ideia é optar por algo mais popular para garantir que durante um futuro próximo consigo garantir a sua disponibilidade. Futuro próximo, pois o futuro mais longínquo é negro no que concerne a filme analógico.

Assim sendo optei por Kodak Tri-X 400. A primeira experiência foi muito positiva. A diferença na nitidez e granularidade do grão para o Kentmere é abismal. O Tri-X apresenta um grão bem fino e uma definição fantástica.

Veremos como corre de futuro.


Olá
 Canon A-1 | Auto Revuenon 35mm f2.8 | Kodak Tri-x 400
35mm | ISO 400


Cais das Colunas
 Canon A-1 | Auto Revuenon 35mm f2.8 | Kodak Tri-x 400
35mm | ISO 400


Os Quatro
 Canon A-1 | Auto Revuenon 35mm f2.8 | Kodak Tri-x 400
35mm | ISO 400


Preparado Para o Lixo
 Canon A-1 | Auto Revuenon 35mm f2.8 | Kodak Tri-x 400
35mm | ISO 400


Pequeno Aviador
 Canon A-1 | Auto Revuenon 35mm f2.8 | Kodak Tri-x 400
35mm | ISO 400


Torre
Canon A-1 | Auto Revuenon 35mm f2.8 | Kodak Tri-x 400
35mm | ISO 400

Todas as imagem são da minha autoria e reservo todos os direitos para a sua utilização.

0 Comentários: