E porque a vida é feita de primeiras vezes, aqui está mais uma. A curiosidade falou mais alto e decidi experimentar o médio formato.

Lá comprei uma TLR antiga e baratinha (do senhor António Silva, e devo dizer que teve uma paciência de santo para me aturar), uns rolos e fiz-me à rua. Bom, neste caso foram quase 400km até à Póvoa do Vazim. Terra bonita, praia com muito bom aspecto, mas com um vento impiedoso.

Da máquina só lamento o visor pouco luminoso. Dos resultados, os light leaks (riscas vermelha verticais). Tenho de ver se arranjo uma forma de substituir os vedantes da máquina.

Até agora a experiência tem sido fantástica. Manusear uma TLR, principalmente uma tão rudimentar, é uma sensação difícil de descrever. O processo mecânico necessário para tirar uma foto é quase uma dança ensaiada de manivelas e botões.

Calcular a exposição é um desafio maior do que antecipei. Claro que nestas fotos foi fácil, afinal de contas estava sol e aplicar o Sunny 16 foi quase directo. Mas em situações mais difíceis, torna-se um desafio interessante.

No final do dia estas fotos foi o que consegui (alguns exemplos apenas).

MPP Microcord | Ross London Xpress 77.5mm f3.5 | Kodak Portra 400
77.5mm | ISO 400



 MPP Microcord | Ross London Xpress 77.5mm f3.5 | Kodak Portra 400
77.5mm | ISO 400


 MPP Microcord | Ross London Xpress 77.5mm f3.5 | Kodak Portra 400
77.5mm | ISO 400


MPP Microcord | Ross London Xpress 77.5mm f3.5 | Kodak Portra 400
77.5mm | ISO 400

Copyright © Rui Pedro Esteves 2014 Direitos Reservados

0 Comentários: